Design: Parece, mas não é

Muitas vezes, estamos tão acostumados com os objetos de nosso cotidiano que é difícil pensarmos em uma nova utilidade para eles. Por isso, é interessante quando alguém os tira do lugar comum. É o que acontece nos dois projetos que selecionamos para mostrar para você hoje.

O quadro-cadeira

A YOY, empresa de design de Tóquio, criou uma série de quadros de mobília. O que seria uma forma bem diferente de enfeitar uma parede ganha um novo significado quando o observador percebe que ele pode interagir com a fotografia… sentando nela! É isso mesmo: apresentamos abaixo uma obra de arte bastante funcional:

Sushi-arte

Já a agência I&S BBDO e o empreendedor Umino Hiroyuki, dono de uma loja de produtos para sushi, customizaram o tradicional nori com lindas padronagens em corte a laser. A ideia surgiu por uma necessidade de mercado, quando o empresário reparou que as pessoas pararam de consumir esse produto tão típico da culinária japonesa nos meses após o trágico tsunami que devastou o país. Cada folhinha da alga contém um desenho que simboliza um desejo para as áreas afetadas pelo desastre natural: flor de cerejeira para trazer beleza; gotas d’agua para trazer sorte; folhagem para trazer crescimento; e cascos de tartarugas para uma vida longa. “Eu quis lidar com essa falta de demanda de uma maneira positiva,” explicou Hiroyuki. “Eu queria que as pessoas vissem o quão interessante essa alga é, além de ser deliciosa!”