Cabelos emplastados: será que pega?

No verão, a tendência de maquiagem era dar um ‘efeito molhado’ na pele e no olho, através de iluminador e gloss. E parece que agora isso vai para o cabelo também. Nos últimos desfiles internacionais, no meio de vários penteados não tão elaborados, como rabos-de-cavalo bagunçados e fáceis de reproduzir, alguns estilistas levaram o conceito desleixado para um outro nível. Alexander Wang, Cushnie et Ochs, e Acne, por exemplo, apresentaram as madeixas como se não tivessem sido lavadas há uma semana. 

E começamos a ver o visual se espalhar. Na estreia do filme “The Runaways”, a atriz Chloë Sevigny chegou parecendo um Greaser, figura que surgiu nos anos 50 nos EUA e que recebeu esse nome por causa do seu cabelo “greased”, engordurado, todo penteado para trás. Eles usavam pomadas, gel, cremes e até azeite ou vaselina para conseguir o visual emplastado. Além dela, alguns famosos, como Johnny Depp e Alexa Chung, adeptos ao look ‘estou nem aí’ desfilam por aí com os cabelos um tanto quanto engordurados.

Aqui no Brasil, o visual foi adotado em alguns desfiles de Inverno, como o da Ellus, Espaço Fashion, Jefferson Kulig, Gloria Coelho e Reinaldo Lourenço. E será que essa moda pega? Veja as fotos da galeria e defina sua opinião respeito: nojento ou glamuroso?

O conteúdo escrito desde site está sobre a licença Creative Commons e pode ser reproduzido não-comercialmente sob a atribuição de créditos á Revista Catarina. Fotos, marcas, vídeos e músicas postadas aqui são propriedade dos seus respectivos autores.

DESIGN: GRUPO903      TECNOLOGIA: IMAGINARA