Playlist da semana

17.01.2011

2010 corre rápido e mais uma semana incia. A playlist de hoje começa com Apples In Stereo com Dance Floor. Logo após, duas bandas que tocam no Brasil este mês, Vampire Weekend com A-Punk e Two Door Cinema Club com What You Know. Os dois grupos se apresentam no Meca Festival em Atlântida no Rio Grande do Sul, no dia 29 de janeiro.

Quem aparece depois é a banda Nação Zumbi com Bossa Nostra. Para finalizar Velvet Underground com What Goes On.

Boa semana para todos.

 

Ela veio mesmo

10.01.2011

O aguardado retorno de Amy Winehouse aos palcos se deu no Brasil e em Florianópolis, no Summer Soul Festival, no último sábado, 8 de janeiro. A principal atração da noite, que contou ainda com Mayer Hawthorne e Janelle Monáe, começou seu show às 00:45h, quando as 12 mil pessoas que esperavam a cantora se espremeram na área de shows do Stage Music Park, em Jurerê, e puderam testemunhar uma apresentação contida da diva.

Amy surgiu tímida e sorridente, bebendo apenas água, e estava com a voz impecável. De cara cantou três canções do disco Back to Black, começando com Just Friends e seguindo para Back to Black e Tears Dry On Their Own. Durante o show de cerca de 70 minutos ela interagiu pouco com o público e parecia distante, porém feliz. Por três vezes se ausentou rapidamente do palco, gerando buchichos, e chegou a deixar a banda sozinha acompanhando o backing vocal Zalon que cantou Everybody Here Wants You e What a Man Going to Do, enquanto ela sentava-se ao lado da bateria.

Resumindo, quem foi pronto para curtir a diva doidona da soul saiu satisfeito. Quem foi atrás de defeitos também. Amy teve uma performance morna, esqueceu as letras e a toda hora consultava o baixista sobre o que viria a seguir. Em outro momento a cantora  chegou a confundir a garrafa de água mineral com o microfone, causando risadas.

Mas a voz incrível que ela tem, que sai sem força alguma, e sua presença se impôem fazendo com que esqueçamos de todos os defeitos e interrupções. Muita alma como deve ser a soul music.

O momento alto do show foi um dos maiores sucessos da cantora, Rehab, que o público acompanhou em uníssono. Em seguida uma longa apresentação da banda e mais dois grandes sucessos do álbum Back To Black, You Know I’m No Good e Me and Mr Jones, após os quais a diva e a banda deixaram o palco e o público com aquele gosto de quero mais.

Voltou então para um bis com You’re Wondering Now e uma bela versão de Valerie, que encerrou esta primeira apresentação de Amy Winehouse no Brasil.

Soulman

Mayer Hawthorne encarou a tarefa de abrir o Summer Soul  chamando “quem quer festa para a frente do palco”. Em 45 minutos deixou uma ótima impressão e balançou o público que queria e conhecia apenas Amy Winehouse. Com certeza conquistou muitos novos fãs. Carismático, entrou saudando a cidade e fez um show animado onde cantou até um trecho de uma música do rapper Snoop Dogg, Beatiful.

Nova diva

O segundo show da noite, com Janelle Monáe, foi o mais produzido. Na entrada um vídeo deu o clima sci-fi do álbum The Archandroid e um MC apresentou a cantora, que entrou com uma big band e dançarinos.  Janelle cantou, dançou, trocou de figurino e descabelou o topete, saindo por um momento para consertá – lo. Destaque para o incrível guitarrista Kellindo ( esse é o nome mesmo) que cheio de influências hendrixianas fez uma performance incendiária. Um dos pontos altos do show foi o dueto dele com Janelle cantando o clássico de Charles Chaplin, Smile.

Encerrando o show, Janelle cantou o single Tighrope e deixou o público satisfeito e pronto para Amy Winehouse. No sistema de som Purple Haze com Jimi Hendrix. Um alívio que durou pouco. Logo, assim como antes e durante as outras apresentações, a casa colocou no som ambiente um house farofa altamente deslocado da proposta do festival.

Fotos: Ique Iahn

 

Playlist da semana

10.01.2011

Esta semana a playlist vai na vibe do Summer Soul Festival, que aconteceu no último sábado, 8 de janeiro, em Florianópolis e começa com músicas dos três artistas que lá se apresentaram: Amy Winehouse, com uma versão de Cupid, originalmente gravada por Sam Cooke; Mayer Hawthorne, com um remix reggae do hit Maybe So, Maybe No e Janelle Monáe com Come Alive.

Continuando no clima soul, a playlist segue com dois clássicos: Knock On Wood com Eddie Floyd e Curtis Mayfield cantando Makings of You  .

Uma boa semana para todos.

 

Amy Winehouse volta aos palcos em Florianópolis

7.01.2011

Está chegando o aguardado momento. Anunciada e recebida com certa incredulidade, a vinda de Amy Winehouse à Florianópolis se realizará amanhã, sábado, 8 de janeiro, com a apresentação da cantora no Summer Soul Festival, na Stage Music Park.

Afastada dos palcos há cerca de dois anos, a diva da soul music retorna com esta apresentação ao lado de mais dois talentosos nomes do neo-soul, os americanos Janelle Monáe e Mayer Hawthorne.

Amy está produzindo um aguardado terceiro disco desde 2008 e recentemente lançou uma regravação da música It’s My Party, incluída no álbum “Q: Soul Bossa Nostra”, do lendário músico, produtor e compositor Quincy Jones, responsável pelo disco Thriller de Michael Jackson, entre outros.

Catarina está preparada e pronta para cobrir este evento que mostra que, além de ser um dos destinos turísticos mais visados do mundo atualmente, Florianópolis entrou de vez na rota dos grandes shows.

SERVIÇO

FLORIANÓPOLIS – SUMMER SOUL FESTIVAL

Local: Stage Music Park –Complexo Music Park, na Rod. Maurício Sirotsky Sobrinho, 2500, KM 1,5, em Jurerê, Florianópolis (SC)

Dia: 08 de janeiro de 2011 (sábado)

Abertura dos portões: 20h00

Horário do Show: 22h00

Ingressos: R$ 350,00 (pista) e R$ 600,00 (camarote), à venda na bilheteria do Stage Music Park e pelos sites www.blueticket.com.br e www.livepass.com.br

Informações: (48) 3282.1669 / [email protected]

 

Playlist da semana

4.01.2011

Começo a primeira playlist deste ano com o som funk de Janelle Monáe, cantora e compositora norte-americana que se apresenta em Florianópolis no próximo dia 8 no Summer Soul Festival ao lado de Amy Winehouse e Mayer Hawthorne. Aqui você confere o single Tightrope, um dueto com Big Boi do Outkast.

Em seguida aparece uma colaboração entre o vocalista e guitarrista do New Order, Bernard Summer, e os músicos Alexis Taylor e Joe Goddard do Hot Chip, “Didn’t Know What Love Was”.

O cantor Aloe Blacc em parceria com Grand Scheme faz uma bela homenagem ao rei do pop, Michael Jackson, com uma versão bluesy emocionante de Billie Jean.

Ainda na vibe soul trago uma gravação  de I Am Ram de 1971 com Al Green.

E finalizando, uma canção de Mark Ronson, de seu álbum mais recente, Record Collection, em parceria com o rapper Q-Tip e a artista electro MNDR, Bang Bang Bang.

 

Playlist da semana

15.12.2010

A playlist desta semana, em que inauguramos nosso novo layout, começa com o sensacional Aloe Blacc que lançou um discaço em 2010, Good Things, de onde trouxe esta pérola soul, Loving You Killing Me.
Em seguida o petardo Runaway Baby com Bruno Mars.  Depois os Toxic Twins do Aerosmith em parceria póstuma com Bob Marley em Roots, Rock, Reggae.

Continuando, a vibe soulful de John Legend & The Roots com Our Generation.

Encerro com uma canção natalina cheia de groove, Ain’t No Chimneys In The Project com Sharon Jones & The Dap Kings.